São poucos que descrevem “gente” como a gente. Sempre vai como um agente da policia. hahahaha